segunda-feira, 20 de maio de 2019

Brigada Militar de São Lourenço do Sul alerta sobre golpe usando nome de Policial Militar

A Brigada Militar de São Lourenço do Sul alerta à comunidade sobre golpe na região. Uma pessoa está telefonando para pontos comerciais e informa o nome de um policial militar da região, para pedir que o interlocutor faça recarga de celular, com a informação falsa de que o policial militar está com problemas no carro, na rodovia.
A Brigada Militar informa que trata-se  de um golpe, e orienta a não realizar recarga de celular ou outro meio de repasse de valores. Ainda, eventuais pessoas  físicas e jurídicas lesadas devem realizar registro policial dos fatos.

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Polícia Civil realiza duas prisões em SLS

A Polícia Civil, através da Delegacia de São Lourenço do Sul, realizou duas prisões decorrentes de sentença condenatória transitada em julgado. M.L.S, 26 anos de idade, foi condenado por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. M.C, 35 anos de idade, foi condenado por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. 


Auxilie a Polícia Civil com informações pelo whatsapp 53-99127.5719.

Economia Solidária já realizou quase 500 atendimentos neste ano



Fomento de negócios e geração de renda. Este é o trabalhado desenvolvido pelo Departamento de Economia Solidária que funciona junto a Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio e já realizou quase 500 atendimentos em 2019.

Apenas de janeiro a abril deste ano, 488 pessoas foram atendidas no Departamento. De maio a dezembro de 2018, foram 904 atendimentos. São pescadoras, artesãos, agroindústrias e ambulantes, entre outros, que recebem auxílio para fortaleceram seus negócios e encontrarem a independência. Um exemplo é a artesã Antuanete dos Santos Ferreira, que é cadastrada no Departamento de Economia Solidária e se mostra agradecida pelo apoio recebido. Entre muitos elogios a equipe e ao atendimento que recebe, ela destaca a importância dos cursos oferecidos para capacitação. “Nos ensinam como fazer e como negociar. São pessoas que sempre pensam em nós, procuram sempre o melhor. Procuram cursos para nos aperfeiçoarmos, perguntam nossas necessidades e vão atrás do que estamos precisando”, agradece a artesã.

Entre as várias ações do Departamento, está a rodada de negócios entre quem produz e empresários para negociarem produtos. Antuanete participou de duas rodadas que considera extremamente positivas para fornecer lembranças a uma Escuna e uma loja de utilidades. Depois, tornou-se independente e começou a realizar suas rodadas de negócios diretamente com as empresas. “É como um bebê soltando a mão da mãe”, define a artesã. Também através do Departamento, ela foi estimulada a fazer o Micro Empreendedor Individual e assim, ter empresa formalizada e possibilidade de vender não apenas para o setor privado, como ao poder público.

O Departamento atende os profissionais com diferentes programas para assessoria de geração de renda, avanço na atividade e crescimento do empreendimento. Quando chegam ao Departamento são cadastrados e apresentados aos projetos desenvolvidos em cada área. “Analisamos o potencial para o desenvolvimento do negócio e tudo que isso envolve. Buscamos fomentar a geração de renda com encaminhamento de negócios de janeiro a janeiro, não apenas por temporada ou em eventos”, explica a coordenadora do Departamento, Rosani Trindade. Além disso, o Departamento faz encaminhamentos a cursos, participação em eventos e estimula através destes vários programas o profissional a alcançar a autonomia e o empreendedorismo.

“A Economia Solidária tem um papel fundamental no desenvolvimento das pessoas e suas potencialidades de empreendedorismo. É um trabalho para desenvolve-las. A Secretaria acredita que o papel é desenvolver pessoas através do empreendedorismo e nossos projetos são voltados a esta perspectiva” reflete o secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Luis Carlos Citrini Braga.

As pessoas que trabalham em algum ramo de atividade envolvido nestes setores podem procurar o Departamento de Economia Solidária em busca de informações. O atendimento é junto a Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio, na rua Senador Pinheiro Machado, 169. O telefone é 3251-9530. 

Campanha de combate ao frio


terça-feira, 14 de maio de 2019

Internautas relatam problemas de alagamento em Ruas da cidade

"2019 O inverno nem começou e a chuva "parelha" de um dia inteiro de ontem é a noite já com águas nas Ruas esquina Max Stenzel com Edmund Neunfeld Bairro Avenida atrás da antiga Brahma."
Esta reclamação foi publicada no perfil Claudir Liara Wiegand no facebook com o vídeo abaixo:

Polícia Civil conclui, em menos de um mês, investigação sobre tentativa de homicídio ocorrida no bairro Kraft.

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de São Lourenço do Sul, elucidou a tentativa de homicídio ocorrida em 14 de abril de 2019, contra Gilson Fonseca, no bairro Kraft, nesta cidade. Nesta data, um indivíduo utilizando capacete, ingressou no bar da vítima efetuando cinco disparos de arma de fogo, utilizando uma pistola calibre .380. Foram realizadas diversar diligências de investigação que possibilitaram coletar provas suficientes para o indiciamento de G.M.U., de 27 anos de idade, o qual cometeu o delito logo após ser posto em liberdade com uso de tornozeleira eletrônica. As provas produzidas no inquérito policial fundamentaram a representação da autoridade policial pela prisão preventiva do indiciado, tendo o Poder Judiciário decretado a prisão. Na sexta-feira, o foragido conseguiu fugir dos policiais em uma abordagem no Bairro Colina do Sol. Contudo, ontem a tarde, se apresentou espontaneamente no Presídio Regional de Pelotas, onde foi notificado sobre a sua prisão preventiva.

Servidores da Polícia Civil paralisam atividades


Servidores da Polícia Civil de Pelotas e da Região Sul paralisaram as atividades no início da tarde desta segunda-feira (13) contra a Reforma da Previdência. A paralisação atingiu as distritais bem como a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Na 2ª Delegacia de Polícia (DP), a adesão foi de 100%. Em São Lourenço do Sul, os agentes também cruzaram os braços. Na DPPA, somente casos graves e flagrantes estavam sendo tratados. O movimento foi convocado pelo sindicato da categoria e pela União dos Policiais do Brasil (UPB). Em Porto Alegre, servidores da Polícia Civil se concentraram em frente ao Palácio da Polícia. Pelo resto do Estado, a tarde também foi marcada pelo ato que se estendeu até as 18h.

De acordo com a Ugeirm, Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores da PC do Rio Grande do Sul, o Dia Nacional de Protestos faz parte de uma série de atividades contra a Reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional e que, segundo a categoria, atinge diretamente os profissionais da Segurança Pública. A paralisação foi definida no último dia 9, em assembleia.
O diretor da Ugeirm, Isaac Ortiz, criticou a Reforma e disse que, além do não reconhecimento das características próprias da atividade policial, como o risco de morte, a proposta traz a possibilidade do estabelecimento de uma alíquota extra de até 8%, o que significa uma diminuição salarial para os policiais de todo o país. Outro ponto que atinge a categoria e a Segurança Pública é o não estabelecimento de uma regra de transição para a implementação das novas normas de aposentadoria. "Além disso, com o estabelecimento da idade mínima de aposentadoria, em breve, teremos uma força policial extremamente envelhecida, com sérias dificuldades de garantir a segurança da população", explicou.


Orientações da Ugeirm
A orientação foi para que não houvesse circulação de viaturas. Todas permaneceram paradas no órgão a que pertencem; não houve cumprimento de ordens judiciais, operações policiais, serviço cartorário, entrega de intimações, oitivas, remessa de inquéritos ao Poder Judiciário e demais procedimentos de polícia judiciária; as DPPAs e plantões somente atenderam os flagrantes e casos de maior gravidade, tais como: homicídios, estupros, ocorrências envolvendo crianças, adolescentes e idosos, e Lei Maria da Penha.


Polícia Rodoviária Federal
O representante sindical da PRF disse que a instituição apoia o movimento. Segundo Martins, nesta semana integrantes do sindicato devem ir a Brasília para tratar com os parlamentares contra a Reforma. No próximo dia 21, haverá um grande ato na capital do Distrito Federal (DF) contra a Reforma da Previdência. (Diário Popular)

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Lourenciano sofre acidente na BR 392

Segundo site "Caçapava Online" ocorreu mais um acidente no Km 215, da BR 392, Desta vez o acidente ocorreu na manhã desta sexta-feira, 10 de maio, quando um caminhão e uma carreta colidiram e foram parar às margens da rodovia. O relato feito por motoristas que trafegavam pelo local informa que ao menos um dos motoristas teria ficado ferido e aguardava atendimento.
Fotos divulgadas nas redes sociais. 

Em um dos caminhões estava o lourenciano Júlio Hense que teve fratura em um dos membros inferiores.

Levantamento mostra valores arrecadados com a previdência em São Lourenço do Sul

De acordo com dados levantados pelo Dieese, a Reforma da Previdência coloca em risco o papel indutor dos benefícios previdenciários na economia dos municípios gaúchos. Em mais de 80% das cidades do Rio Grande do Sul, a renda proveniente do Regime Geral supera os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Em 67% dos casos, o montante é maior do que a soma do FPM e da arrecadação do ICMS, as principais fontes de receitas municipais.
São Lourenço recebeu R$ 165,913,879.88 em 2018 - 371,15% em relação ao FPM+ICMS

“A Previdência Social exerce um papel importante no processo de distribuição de renda e no fomento das economias dos territórios”, informa o Dieese. Em tempos de crise fiscal e redução dos repasses advindos das transferências da União e do Estado, a proposta de diminuir benefícios e retardar a aposentadoria pode aprofundar a recessão.

Como os municípios enfrentam a adversidade econômica reduzindo serviços públicos, a população se vê forçada a recorrer à iniciativa privada. Mas, com a renda reduzida dos benefícios previdenciários, a Reforma pode ter impactos devastadores nas cadeias locais.

Há municípios em que mais da metade da população recebe algum benefício da previdência caso de Muçum (55%), Campinas do Sul (54,4%), São Jorge (50,8%) e Nova Petrópolis (50,0%), situação agravada se somados os pagamentos previdenciários oriundos do RPPS.

A proporção do total dos benefícios previdenciários pagos em proporção PIB também revela a alta dependência das economias locais. Em municípios como Alecrim os benefícios pagos representam 37,13% do PIB local, Cerro Branco (35%), Porto Lucena (33,9%). Dos 497 municípios gaúchos, em 322 deles (64,8%) os benefícios representam mais de 10% do PIB local.


Confira o prejuízo por  município da nossa região (Fonte: CPERS):

Mãe e Mulher

      A maternidade é um segredo entre a mulher e Deus.  A participação do homem é ínfima, na maternidade, a participação da mulher é tocada de alegria e de dor, de tormento e de sofrimento, de prazer e de responsabilidade, desde que o filho nasce, até o último dia da mulher sobre a Terra.  E sabe lá Deus se, depois desta vida, quantas lutas sofrem as mães em auxílio aos filhos que deixaram neste mundo.
      Vamos orar, pedir a Deus que nos ajude, que nos inspire e que dê a mãe brasileira este espírito de heroísmo no lar, de sacrifício silencioso, de renunciação em favor da família evangélica, porque nós sabemos que os outros povos vão precisar do padrão de vivência no Brasil, num futuro próximo e remoto.
      Nós nos lembramos disto, porque, no Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, nós vemos, por exemplo, depois do Velho Testamento, depois da preparação do mundo pelos grandes Profetas, começando de Moisés, nós vamos ver um fato muitíssimo interessante para nós todos: Depois da formação das bases da fé cristã, como que, num serviço de pioneiros, num serviço de arredar pedras e fazer caminhos na selva do pensamento humano, nesta hora, Deus, na sua Infinita Misericórdia, chamou os homens, mas, do Reinado do Nosso Senhor Jesus Cristo para cá, do Reinado da Graça, que nós todos consideramos como sendo a vida na Terra, desde o nascimento de Jesus, nós vemos a consideração que o nosso Pai Eterno dispensou à Mulher.  Quando a Providência Divina, por suas Leis, decidiu enviar à Terra o maior tesouro da vida humana de todos os séculos, Nosso Senhor Jesus Cristo, não mandou chamar os césares romanos ou os filósofos gregos, nem as autoridades que comandavam os poderes econômicos no mundo ou as que se mostravam na liderança da inteligência; buscou uma jovem, aquela que nós todos, na Cristandade, reverenciamos como sendo Mãe Santíssima e que, em seu tempo, não era senão singela menina e moça que o mundo conheceu por Maria de Nazaré.
      A Divina Providência determinou, assim, que nossa Mãe Santíssima fosse a autoridade suprema para receber Nosso Senhor Jesus Cristo e no-lo entregar para a renovação e aperfeiçoamento dos povos. Por outro lado, mais tarde vemos Jesus chamando outra mulher, e agora Maria de Magdala, que fora chamada por Ele, da vida mundana menos feliz para a vida espiritual superior, a fim de se encarregar da Mensagem da Ressurreição. Apareceu, na ressurreição primeiro a ela, a Madalena, decerto para induzir os discípulos a reconhecerem o valor que Ele atribui aos que se esforçam, desarvorados, por vencer as próprias fraquezas, para se consagrarem com Ele ao apostolado da redenção.
      A isso nos referimos para destacar o imenso, e profundo papel da mulher na civilização cristã de todos os tempos. Dela, devemos aguardar a maior parcela da educação e reeducação de nossos sentimentos para uma vida melhor, a este propósito, observando a necessidade da sublimação do sentimento no mundo, sublimação que apenas atingiremos no sentido coletivo, com o apoio da mulher, seja na condição de mãe, esposa, educadora, irmã ou missionária do bem.
Fonte: Por Chico Xavier no livro – O Evangelho de Chico Xavier / Carlos Baccelli.

“As minhas preces mal alcançam o telhado de minha casa, mas as preces de uma mãe são capaz de arrombar as portas do céu” Celso de Almeida Afonso.

quinta-feira, 9 de maio de 2019

Jantar SÃO LOURENÇO TRICOLOR


Higienização das mãos é importante para cuidados com a saúde

A Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu a data de 5 de maio como o Dia Mundial de Higiene das Mãos. O objetivo é estimular todos os serviços e profissionais de saúde a desenvolver ações que reforcem o ato de lavar as mãos como medida essencial para a prevenção e o controle das infecções relacionadas à assistência à saúde (Iras). 

Em 2019, o tema da campanha mundial “Salve vidas: higienize suas mãos”, proposta pela OMS e apoiada pela Anvisa, é “Cuidado seguro para todos está nas suas mãos”.  

A higienização das mãos é considerada o procedimento mais barato e efetivo para evitar a transmissão de infecções durante o atendimento aos pacientes. É uma medida de baixo custo que promove a segurança dos pacientes internados e de outros usuários dos serviços de saúde, bem como das equipes de profissionais que atuam na assistência. 

Desde o lançamento do Primeiro Desafio Global da OMS para higienização das mãos, chamado de “Uma assistência limpa é uma assistência mais segura”, a Anvisa vem estimulando a adesão à prática da higienização das mãos pelos profissionais de saúde, por meio da publicação de cartazes, notas técnicas, normas e material orientativo. 

Além dessas ações, a Agência também tem incentivado a implementação da estratégia multimodal ou multifacetada para a melhoria da higiene das mãos em serviços de saúde, que engloba cinco componentes: disponibilização da preparação alcoólica no ponto de assistência, além de pia ou lavatório, sabonete líquido e água; capacitação dos profissionais; observação das práticas de higiene das mãos e retorno de indicadores de adesão à equipe; fixação de lembretes e cartazes no local de trabalho; e estabelecimento de um clima institucional seguro, com obtenção do apoio expresso de gestores e líderes. 

No portal da Anvisa, no ambiente dedicado a Serviços de Saúde, há um link chamado Higienização das Mãos em que é possível acessar todas as publicações da Agência para auxiliar os profissionais de saúde a aderirem a essa prática. Conheça nossos materiais e notas técnicas sobre higienização das mãos. (clicando aqui)